CONSULTÓRIOS MÉDICOS E ODONTOLÓGICOS e a preocupação com o ar condicionado pós COVID-19.

por | 1 jun 2020 | Dicas

Muito se discute sobre o processo de desconfinamento da população e uma preocupação que surge nesse momento é a circulação de pessoas em ambientes fechados e climatizados. À medida que as atividades forem sendo retomadas, os atendimentos em consultórios médicos e odontológicos tendem a crescer  e com isso aumentam as necessidades de proteção dos profissionais, funcionários e pacientes. Esses ambientes muitas vezes compartilhados por diversos profissionais possuem áreas de espera coletivas onde os pacientes ficam muito próximos.

A utilização das práticas de cuidados e assepsia já difundidos para uso geral e as de uso  específicos exigidos na atividade é fundamental, no entanto, existe uma grande preocupação com a qualidade do ar desses ambientes. O ar condicionado pode ser um aliado a esse processo, desde que observadas as boas práticas de engenharia para projeto, instalação e manutenção. Pesquisas informais indicam que 90% dos ambientes que utilizam equipamentos tipo split, não possuem nenhum sistema de renovação de ar e quando possuem muitas vezes a filtragem é deficiente. O sistema de renovação de ar introduz no ambiente climatizado uma parcela de ar exterior filtrado que irá se misturar ao ar recirculado diluindo as parcelas dos compostos indesejáveis  presentes no ambiente. Em alguns edifícios já observamos que mesmo possuindo sistema de fornecimento de ar exterior central, administrado pelo condomínio, esses são mantidos desligados por economia de energia e total desconhecimento da importância dessa renovação de ar. 

Em complementação aos procedimentos a serem adotados para correção das instalações, já dispomos no mercado de novas tecnologias para a eliminação de micro-organismos e compostos indesejáveis presentes no ar. Dentre as novas tecnologias, podemos destacar a tecnologia de purificação fotocatalítica com células a serem instaladas em dutos de insuflamento, dutos de ar exterior ou em equipamentos portáteis. Essa tecnologia  elimina a contaminação microbiológica constante nos ambientes sem a produção residual de ozônio. Testes feitos em laboratórios homologados pelo FDA (Food And Drug Administration), seguindo protocolos por eles recomendados, comprovaram que em 30 minutos houve a redução de 99,999 % do vírus MS2 (de mesma estrutura celular do COVID-19) do ar do ambiente, comprovando a sua eficiência. Existem também estudos de validação dessas tecnologias dos mais renomados órgãos nacionais como o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas).

Temos certeza de que a adoção das boas práticas de engenharia para projeto, instalação e manutenção dos sistemas de climatização aliada às novas tecnologias de purificação ambiental serão de fundamental importância para relações mais seguras e saudáveis no cenário atual e no período pós-pandemia.

“Qualidade de vida começa no ar que você respira”

Novidades

Consultórios odontológicos – Exaustão Localizada

Conforme amplamente divulgado pelas autoridades sanitárias, as doenças respiratórias, dentre elas a Covid-19, podem ser transmitidas pelo ar, não só através de gotículas de saliva, como também através dos aerossóis - pequenas partículas que permanecem em suspensão no...

Qualidade do Ar Interior – Uma Preocupação

Ampliando nossas atividades, a ENGERAC AR CONDICIONADO passa a atuar com novas tecnologias destinadas a melhoria e ao monitoramento da qualidade do ar interior - QAI Lâmpadas UV-c para controle de contaminação em serpentinas de ar condicionado. Esse processo elimina a...

Engerac - Especialista em Ar Condicionado

Somos especializados em ar condicionado e atuamos no estado do Rio de Janeiro desde 1986. Nosso objetivo é conquistar e fidelizar os clientes com o uso de equipamentos de alta qualidade e profissionais altamente qualificados e experientes.  Saiba como podemos lhe ajudar com projetos, consultorias, instalações, limpezas e manutenções de ar condicionado. Melhorando assim a climatização do ambiente com menor consumo de energia.